Fábula sinfônica portuguesa é a atração no Teatro Castro Alves para o Dia das Crianças

O Teatro Castro Alves será o palco dos concertos de encerramento das comemorações dos 20 anos de O Sítio da Amizade, com interpretação da Orquestra Sinfônica da Bahia, sob a regência do autor da obra, o maestro e compositor português Jorge Salgueiro.

O Sítio da Amizade é uma bela e sensível fábula sinfônica onde as personagens são animais representados por instrumentos da orquestra, que pode ser vista nos próximos dias 11 (sessão exclusiva para escolas) e 12 de outubro no Teatro Castro Alves. A obra conta a história de um elefante que procura abrigar-se da tempestade dentro de um sítio onde já se encontram todos os outros animais. O seu tamanho, a sua cor e a sua forma fazem com que não seja muito bem recebido entre os bichos do lugar. A mensagem de solidariedade implícita incide no direito à diferença, tema muito oportuno para os dias de hoje. Nos concertos em Salvador, a narração fica por conta da cantora Milla Franco do grupo DóRéMiLá, banda infantil que integra o casting de artistas da Candyall Entertainment.

Com música de Jorge Salgueiro e com um poema de João Aguiar, a Canção da Amizade tornou-se um clássico, sendo já uma das músicas mais conhecidas e reproduzidas no universo escolar em Portugal onde a obra chama-se A Quinta da Amizade. Natural de Palmela, Portugal, Jorge Salgueiro compõe regularmente desde os 14 anos sendo autor de mais de 250 obras. É compositor residente da Foco Musical e membro da direção artística do grupo de teatro O Bando. Com diversas obras premiadas é um dos compositores mais respeitados da atualidade.

A fábula sinfônica O Sítio da Amizade chega ao Brasil pelas mãos da empresa portuguesa Foco Musical que conta 22 anos dedicados ao domínio da pedagogia musical. A montagem em Salvador conta com o apoio do grupo hoteleiro português Vila Galé Hotéis, da Casa do Brasil de Lisboa, do Consulado-Geral de Portugal em Salvador, da Câmara Portuguesa de Comércio da Bahia, do Gabinete Português de Leitura de Salvador e do Centro de Produção, Documentação e Estudos de Música (Sonare). A obra é terceiro projeto que o grupo traz para o país desde 2015. Outro grande destaque da Foco Musical, a Orquestra dos Brinquedos de Lisboa percorreu mais de 21 cidades de São Paulo, Pernambuco e Ceará na sua primeira turnê brasileira.

Em tempos de drama dos refugiados, intolerância e preconceito, esta fábula sinfônica é um belo e sensível convite à reflexão, extensivo a todas as idades. Um programa educativo e divertido para comemorar o Dia das Crianças. A não perder!